IPAL: no futuro próximo, um robô será teu amigo

foto: Reuters

IPAL: no futuro próximo, um robô será teu amigo

 

Não é um iPad, não é um iPod, é mesmo um iPal; à letra, um iAmigo, ou amigo inteligente. Na última edição do CES, um encontro que acontece todos os anos em Las Vegas e que reúne as maiores marcas do mundo de tecnologia – onde são apresentados os melhores e mais futuristas produtos -, a estrela da companhia foi este robô de 1,06 metros. Para quem está ele a ser criado e pensado? Para crianças e jovens, como tu.

O iPal é um “robô humano”, diz a empresa que o criou, já que consegue expressar “emoções” como tristeza, alegria, desagrado ou espanto, além de conseguir cantar todas as músicas que pedes.
O robô, que estará à venda nos Estados Unidos no decorrer deste ano, foi idealizado como um professor ou um educador para crianças, ensinando línguas, jogos, qualquer conteúdo educacional, atividades de ciência e tecnologia, etc.

Este iAmigo também pretende tornar a aprendizagem divertida e atraente para as crianças, podendo conversar, dançar, contar histórias, jogar, encorajar a atividade física e habilitá-las a socializar, compartilhar vídeos e conectar-se com segurança à Internet e às redes sociais.

Os pais podem controlar remotamente o iPal e monitorizar o progresso, segurança e atividades dos seus filhos nos smartphones, em qualquer lugar e a qualquer momento. No fundo, a empresa diz que pode servir como um amigo, mas também como uma espécie de ama.

Será que é divertido ter um amigo robô? Para o ano, e para quem tiver os cerca de 1500 euros que cada robô custará, começam a surgir as primeiras respostas.